Bienal do Livro chega em sua 19ª edição com novidades

A Bienal do Livro Rio chega em sua 19ª edição e traz novidades ao publico que estará visitando a feira em 2019, que ocorre entre os dias 30 de agosto e 08 de setembro no Riocentro, Barra da Tijuca.

Consagrada como o maior evento literário do Brasil, a Bienal, já faz parte do calendário oficial da cidade do Rio de Janeiro.

Atendendo a solicitações das edições passadas, em 2019 as mudanças estarão aparentes logo na entrada da feira onde o Pavilhão de Atividade Infantil estará localizado. Em seguida, os visitantes passarão pelo Pavilhão Azul onde ocorrerá o Fórum de Educação, com uma programação voltada aos professores e educadores, onde poderão estar conhecendo as novas tecnologias apresentadas pela Microsoft com o objetivo de serem utilizadas dentro das salas de aula. Também para os professores que estarão visitando a feira, a Bienal preparou uma palestra com o monge budista sul-coreano, Haemin Sunim, além do espaço “Talk das editoras” onde os professores terão a oportunidade de interagir com os produtores dos livros que são utilizados dentro das salas de aula.

O Café Literário, já tradicional nas edições da Bienal do Livro, também estará presente com o objetivo de trazer ao público presente o debate sobre livros e seus autores preferidos. A escritora Ana Maria Machado, que comemora 50 anos de carreira estará presente na primeira mesa do Café Literário, no dia 30 de agosto, às 17h. Ana Maria estará ao lado de Marcos Pereira, presidente do Sindicato dos Editores de Livros (SNEL), conversando sobre as cinco décadas que dedicou à literatura.

Os visitantes passarão também pelo Pavilhão que estará abrigando a Arena Jovem, que trata de assuntos com temas atuais.

Já no auditório, os fãs poderão estar se encontrando com os autores que são celebridades nacionais e internacionais, dentre eles já foram confirmadas a presença de vários autores internacionais como: Josh Malerman, autor de “Caixa de Pássaros”, Steven Levitsky, autore de “Como as Democracias Morrem”, C.J Tudor, autora de “O Homem de Giz”, Mark Manson, autor de “A Sutil Arte de Ligar o F*da-se”, Rachael Lippincott, autora de “A Cinco Passos de Você”, Marc Levy, autor de “A Próxima Vez e E se Fosse Verdade” e Lisa Genova, autora de “Para Sempre Alice”.

A edição 2019 traz novidade também em sua identidade visual que transformou os livros em pipas. Idealizada pela Agência Crama, a mudança tem o objetivo de fazer com que os visitantes passeiem e conheçam cada estande de livros presentes no evento.

A 19ª Bienal do Livro está com sua venda de ingressos liberadas através de seu site principal, www.bienaldolivro.com.br. Os valores são de R$30,00 inteira e R$15,00 meia. Segundo a organização do evento, a meia-entrada é válida para idosos, portadores de necessidades especiais e acompanhantes, estudantes, jovens de 15 a 29 anos pertencentes a famílias de baixa renda, professores e profissionais da rede pública de ensino do Rio de Janeiro.

Haverá ainda gratuidade nos guichês específicos do Riocentro para crianças com até 1 metro de altura; escritores, desde que apresentem o livro de sua própria autoria, professores de escolas ou universidades das redes públicas e privadas, profissionais do livro, bibliotecários e guias turísticos, onde será necessário apresentar documento de identificação com foto e documentos que comprovem cada caso. Para os professores, autores e bibliotecários a gratuidade é valida pelos 10 dias do evento desde que a cadastro seja realizado previamente pelo site do evento.

Deixe uma resposta